CICLO MULHER E CINEMA | CURTA + DEBATE

MULHER E MATERNIDADE

12 de novembro
terça | 19h30

 

CICLO MULHER E CINEMA | CURTA + DEBATE

MULHER E MATERNIDADE

Organização
Marccela Moreno [Diretora, Roteirista e Montadora] e
Samantha Brasil
[Crítica, Curadora, Cientista Social e Cineclubista]

A BONECA E O SILÊNCIO [Brasil / 2015 / 19´]
Roteiro e Direção de Carol Rodrigues

CLANDESTINAS [BRASIL / 2014 /24´]
Roteiro de Renata Correa
Direção de Fádhia Salomão

PREFIRO NÃO SER IDENTIFICADA [Brasil / 2018 / 20´]
Roteiro e Direção de Juliana Muniz

ESTÁTUA! [Brasil / 2014 / 24’]
Roteiro e Direção de Gabriela Amaral Almeida

Após a exibição dos curtas, debate com Renata Correa e Juliana Muniz
Mediação da crítica de cinema Roni Filgueiras

 

12 de novembro | terça | 19h30 | gratuito

 

12 de novembro
terça
 

 

A BONECA E O SILÊNCIO [Brasil / 2015 / 19´]
Roteiro e Direção de Carol Rodrigues

A solidão de Marcela, uma menina de 14 anos, que decide interromper uma gravidez indesejada.
Vencedor do prêmio de Melhor curta eleito pelo público do 6 FESTin em Lisboa, dos prêmios de Melhor Curta eleito pelo Júri e pelo Público do Entretodos, do Prêmio do Júri do Boat of Culture na Polônia, de Melhor direção do Raipur Short Film Festival na Índia e de Melhor Filme na categoria Filme de Mulher do Cinecipó em Belo Horizonte.

 

CLANDESTINAS [BRASIL / 2014 /24´]
Roteiro de Renata Correa
Direção de Fádhia Salomão

Idealizado pela roteirista carioca Renata Corrêa e dirigido por Fádhia Salomão, o documentário Clandestinas conta histórias de mulheres que abortaram ilegalmente no Brasil. Com depoimentos de quem já viveu a experiência e relatos de anônimas, interpretados por atrizes, o vídeo mostra como a criminalização do aborto penaliza todas as mulheres. O filme teve o apoio da Sempreviva Organização Feminista (SOF) e da International Women’s Health Coalition e foi lançado em 28 de setembro de 2014, data que representa a luta pela Descriminalização do Aborto na América Latina e Caribe.

 

PREFIRO NÃO SER IDENTIFICADA [Brasil / 2018 / 20´]
Roteiro e direção de Juliana Muniz

Filme híbrido sobre o luto de mães vítimas da violência do Estado.

Hábitos perdidos, memórias dentro das gavetas, um monte de pedras. O que resta depois de seu filho ser morto? O que há entre o luto e a luta por justiça?

 

ESTÁTUA! [Brasil / 2014 / 24’]
Roteiro e Direção de Gabriela Amaral Almeida

A babá Isabel está no sexto mês de gestação e não pode esperar para ser mãe. Até conhecer Joana.

Necessidade, aflição, pena e medo. Sentimentos controversos se misturam em Isabel e em nós, espectadores tão bem conduzidos para dentro do drama da babá grávida e recém-contratada para cuidar de uma menina estranha. O curta de Gabriela Amaral Almeida se passa todo dentro de um apartamento e tem todos os elementos de um bom suspense.

 


Receba nossa NEWSLETTER
Midrash na WEB
Torne-se um AMIGO!
NOME:


EMAIL:



 

 

 

MIDRASH CENTRO CULTURAL

Rua General Venâncio Flores, 184
Leblon | Rio de Janeiro | RJ
55 (21) 2239-1800