LEITURA TEATRAL

O JOELHO DE SARAH BERNHARDT

04 de junho
terça | 20h

 

O JOELHO DE SARAH BERNHARDT

de Leonardo Thierry
Direção de Carlos Artur Thiré

Com Camilla Vitor Thiré e elenco

04 de junho | terça | 20h | gratuito

 

04/06

 

Jovem cineasta investiga o que teria levado Sarah Bernhardt
a contar sobre o Brasil uma estranhíssima mentira.

Em 1905, durante a sua terceira visita ao Brasil, Sarah Bernhardt se apresentava mais uma vez ao público do Rio de Janeiro num dos seus papeis mais famosos: Floria Tosca, a heroína de Racine que termina se atirando do alto do castelo e morre tragicamente como se esperava que morressem todas as grandes heroínas do romantismo. Atrás do cenário, Madame cairia em cima de um colchão estrategicamente colocado para ampará-la. O contra-regra brasileiro esquece de colocar o colchão. Madame se atira lá do alto, bate violentamente com o joelho direito no chão, passa os próximos dez anos tentando sem sucesso recuperar o joelho ferido até que, em 1915, submete-se a uma cirurgia para a amputação da perna direita.

 

A história é fascinante. O único problema com ela é que nunca aconteceu. Sarah Bernhardt não fazia segredo do fato de que detestava o Rio de Janeiro, que só chamava de "aquela cidade do inferno". O joelho da "Divina Sarah" já estava em péssimo estado muito antes dela chegar ao Rio. A história do colchão esquecido é uma mentira grosseira que pode ser demascarada facilmente. Por que então Madame Sarah fez o que fez?

 

2019. Juliano Mendes, um jovem cineasta, faz do seu primeiro longa-metragem uma viagem ao universo de Madame Sarah para tentar entender o que aconteceu. Ele espera algum dia ser capaz de fazer um filme como "LIMITE", escrito e dirigido por Mario Peixoto, o cineasta que ele idolatra. O fantasma de Mario Peixoto aparece para Juliano e acompanha a filmagem de "O JOELHO DE SARAH BERNHARDT"

 

Receba nossa NEWSLETTER
Midrash na WEB
Torne-se um AMIGO!
NOME:


EMAIL:



MIDRASH CENTRO CULTURAL

Rua General Venâncio Flores, 184
Leblon | Rio de Janeiro | RJ
55 (21) 2239-1800